Como economizar na viagem: dicas de um experiente em viagens

Capa economizar na viagem - a casa do mochileiro

Quem nunca se perguntou como economizar na viagem, não é mesmo? Aliás, quando pensamos em viajar somos bombardeados de emoções e lembranças positivas, pois sabemos que cada lugar nos traz uma experiência única, uma culinária diferente, uma nova cultura e lindos cenários que sempre quisemos conhecer.

Mas as emoções podem começar a mudar na hora do orçamento. E é aqui que temos que tomar muito cuidado para o sonho não virar um pesadelo durante meses. Para a nossa sorte, mesmo com um orçamento bem apertado podemos conhecer lugares incríveis e ter ótimas experiências sem surtar no final do mês.

Não sabe como? É por isso que estou escrevendo esse texto para você. Quanto mais viajamos, mais conhecimento adquirimos, principalmente sobre onde economizar na viagem.

Economizar na viagem - A casa do Mochileiro
Imagem de Peter Fertig por Pixabay

Pesquise muito

Sua pesquisa tem que começar quando você decidir fazer uma viagem. Leia artigos sobre isso, converse com quem costuma viajar muito, leia as avaliações de quem já foi no destino escolhido. Busque gente experiente em viagens. Viajar traz muitos conhecimentos e essas pessoas vão ter muito o que acrescentar.

Peça dicas a quem viaja muito, ouça as histórias deles e lembre das suas. Não deixe aquelas compras desnecessárias na viagem passada não servirem de nada, mas faça delas um grande aprendizado para não cometer o mesmo erro dessa vez.

Anote todos os seus erros da viagem passada e cuide para que nenhum se repita, assim, cada vez você vai se aprimorando mais na arte de economizar na viagem. E caso você tenha a oportunidade de conhecer alguns moradores do destino escolhido, converse com eles, peça dicas de lugares e restaurantes.

Pesquise o hotel mais barato, formas de não gastar com hospedagem, a possibilidade de fazer um mochilão leia experiências e pesquise bastante na internet e além dela. Isso vai fazer uma grande diferença no seu orçamento final, acredite.

Decisões importantes antes da viagem

Quem não sonha em passar um mês em Nova York só fazendo compras? Mas infelizmente para isso se realizar podem ser décadas de economia ou milênios pagando todos os cartões de crédito depois da viagem. Isso não significa que você não possa ir pra Nova York ou não possa fazer compras na sua viagem. A questão é: cabe no seu orçamento?

A primeira coisa que você tem que definir são as suas prioridades. É passar um mês viajando ou ir para um lugar específico? É fazer compras ou ter um certo luxo na viagem? Se você pretende economizar na viagem fazer tudo isso de vez pode ser bem difícil.

Conheça e cogite lugares mais baratos. Vale a pensa sair daquela lista óbvia dos pontos turísticos e explorar cenários menos conhecidos. Eles costuram sair bem mais em conta e também vão trazer experiências exclusivas.

Já pensou em viajar em grupo? Reúna aqueles amigos que prometem se encontrar desde o ensino médio e dividam os custos. Você vai aproveitar muito com os amigos e ainda economizar na viagem. É muito melhor viver algumas histórias em um grupo de amigos. Faz bem para a saúde mental.

Vale a pena conferir se um pacote de viagens sai mais em conta que um roteiro personalizado, por exemplo. Em alguns casos, quando a viagem é em grupo, a segunda opção é muito mais em conta.

Pretende fazer viagens internacionais? Opte por lugares onde a sua moeda vale mais, ou pelo menos onde a diferença não seja tão gritante. Na hora de economizar é essencial dar uma olhada nisso.

Baixa temporada, metas e meio de transportes:

Se você tiver a opção de viajar na baixa temporada, aproveite. As coisas vão sair mais baratas e os lugares vão estar mais vazios. Só que também tenha o cuidado para essa escolha não sair caro. Também não vale a pena ir aproveitar praias ou escaladas na chuva.

Não esqueça de definir metas de gastos: quanto você vai gastar com hospedagem, com transporte, alimentação e compras. Faça metas dentro da realidade do seu bolso e do lugar que você está indo. De nada vale colocar uma meta que é impossível de cumprir. E o mais importante: obedeça os limites de gastos que você mesmo impôs.

Outra decisão importante é sobre o meio de transporte usado para chegar no destino. Avião, ônibus ou carro? Faça as contas e também leve em consideração o tempo que você vai gastar em cada um. Lembre que a sua viagem não começa quando você chega no destino, então a experiência no transporte também é muito relevante.

Se você tem uma semana de folga, pode não valer a pena pegar um ônibus que leva três dias para chegar no locar e mais três dias para voltar. Mas caso a grana esteja meio curta ou até mesmo você gosta de viajar de ônibus, você pode mesclar. Vá de Avião e volte de ônibus.

Por mais econômica que a viagem seja a segurança não pode ficar de fora. Leve um dinheiro de reserva para qualquer imprevisto. Se você for adepto de um seguro de viagens, melhor ainda. O importante é não ir desprevenido. Uma viagem com o custo menor não pode deixar de ser cuidadoso.

Como economizar durante a viagem

Para a sua segurança deixe o cartão de crédito guardado. Se tiver com a reserva e não tiver feito planos com o cartão, nem leva o cartão para viajar com você.

Se tiver como trocar o carro alugado pelo transporte público do local vai ser até melhor para você mergulhar um pouco mais na cultura. Caso a distância renda uma caminhada, melhor ainda. A experiência de andar pela cidade escolhida pode ser melhor do que você imaginava (e mais econômica).

Além de conhecer vários lugares de uma só vez, se hospede em um único lugar e conheça melhor o que tem em volta. Você pode se surpreender com umas belezas e pontos da cultura que nem estava no Google. E qualquer quantia que você economizar na viagem é muito importante.

Um dos meus pontos favoritos de uma cultura diferente é a culinária. E para explorar bem uma viagem não pode deixar a alimentação local de lado. Trocando os restaurantes de luxo pelos restaurantes mais simples da cidade você vai ter uma experiência mais real da culinária local.

Aproveite o café da manhã no hotel (caso tenha) e veja o que de diferente que é vendido na rua. Você pode experimentar coisas incríveis (e baratas) onde você menos espera.

Faça atividades gratuitas na cidade. Visite a parques, praias e o que mais a cidade oferecer. Os moradores vão ter ótimas dicas de experiências.

Economizar na viagem: mais dicas

O que você não pode fazer é deixar o dinheiro (ou a falta dele) atrapalhar sua viagem, seja se endividando durante a viagem ou mesmo contando centavos durante todo o tempo. O equilíbrio é sempre bem vindo.

Também não pode esquecer de adaptar as dicas a sua realidade e tomar muito cuidado para o barato não sair caro. O importante é ter uma boa experiência para lembrar a vida toda.

Tem mais alguma dica que quer dividir com a gente? Deixe seu comentário aqui no post ou em nossas redes sociais.

Instagram: @acasadomochileiro

Facebook: acasadomochileiro



Leia também:

Deixe o seu comentário

Ulisses Mochileiro

Ulisses

Fundador da Casa do Mochileiro

Ulisses Mochileiro

Ulisses

Fundador da Casa do Mochileiro

CNPJ: 37.227.239/0001-09
A Casa do mochileiro 2020 © Todos os direitos reservados. Design by weHAVIT

×
×

Carrinho